Bom, não sei se todos aqui conhecem a marca Mu-Mu. Quem é da região sul do país possivelmente sim. Aliás, no Rio Grande do Sul Mu-Mu é sinônimo de doce-de-leite. Pergunte a um gaúcho o que é Mu-Mu e ele possivelmente vai te responder: Mu-Mu é Mu-mu, oras! Mais ou menos como acontece com a marca Gilette que é sinônimo de aparelho de barbear.

Mas vamos lá que aqui o assunto não são os doces, mas sim a linha de leites comercializada pela empresa, que teve a embalagem redesenhada há pouco pelo escritório Bendito Design, aqui de Porto Alegre. O resultado está aí.

Recentemente a Mu-Mu foi adquirida pela Vonpar, que fabrica a Coca-Cola. E eis que a marca Mu-Mu, que era uma marca tradicional, lembrada primeiramente pelo doce-de-leite, de uma hora passa a parecer sinônimo de leite. Mas isso não foi sempre assim. A marca sempre foi uma das diversas opções na prateleira dos leites. Participava do mercado mas estava alí, como uma segunda opção de compra quando o leite da marca líder estivesse com o preço mais elevado. Vejamos abaixo um dos motivos que explicam isto: O Desenho das embalagens.

Nota-se que de maneira geral, são todas iguais! Não há diferenciação. Entre num corredor dos leites em um mercado e tenha a sua visão tomada por caixinhas retangulares com uma ilustração de um copo de leite com uma paisagem campestre ao fundo. Aí como são todos iguais, escolha pelo preço.

Algumas embalagens até fogem um pouco do comum, através do formato e do sistema de abertura (bem melhor por sinal), como é o caso do leite piá e do leite Ninho, mas as tradicionais caixinhas tetrapak que tem que ser abertas com uma faca ou tesoura e ninguém abre na marcação indicada, ainda imperam no mercado.

O que ocorreu com a Mu-Mu foi muito mais do que um simples redesenho da embalagem. Foi uma quebra de paradigma, uma inovação, ainda que não tenha sido reiventada a roda. Notoriamente a embalagem foi pensada para impactar no ponto de venda. Isso foi conseguido através da cor e através da relação ponderada entre os elementos presentes na embalagem. Continua quase tudo aí. A assinatura da marca, a ilustração do leite fresco que dizem gerar o tal do “apetit appeal” (nome frufru), e a vaquinha, pois sem ela, ninguém conseguiria identificar que é uma embalagem de leite né? O resultado final é um desenho bem mais limpo, objetivo e completamente fora do padrão existente.

O resultado com certeza não é mérito apenas de uma estratégia de desenho. Nem somente de uma estratégia de marketing. É fruto de uma estratégia integrada. Aqui em Porto Alegre inclusive a Mu-Mu está patrocinando a mostra de arte Cowparade e as pessoas olham as vacas nas ruas e exclamam: “Olha alí, a vaquinha da Mu-Mu!!” Mas voltando pro nosso cercado, nos despedimos fazendo um exercício de comparação das duas embalagens, a antiga e a nova, em relação aos fatores projetuais propostos por REDIG. Acompanhe e bons desenhos a todos!

Advertisements